Prémio Vasco Graça Moura – Cidadania Cultural

No valor de 40 mil euros

Estoril Sol e a Editorial Babel voltam a instituir o Prémio Vasco Graça Moura – Cidadania Cultural.

Vasco Graça Moura.

Vasco Graça Moura.

A Estoril Sol, em parceria com a Editorial Babel, volta a instituir, este ano, o Prémio Vasco Graça Moura – Cidadania Cultural, com o valor de 40 mil euros. Trata-se da 2ª edição de uma das mais prestigiadas iniciativas que integram o calendário de eventos nacionais com relevância cultural. O prazo de receção das candidaturas exteriores ao júri expira a 15 de Novembro.

O Prémio Vasco Graça Moura, de periodicidade anual, está reservado a uma personalidade de nacionalidade portuguesa, que se tenha notabilizado por um conjunto de obras, ou por uma obra original e inovadora de excecional valia para a Cidadania Cultural do País.

Segundo o regulamento, o Prémio poderá ser atribuído a um escritor, ensaísta, poeta, jornalista, tradutor ou produtor cultural que, ao longo da carreira haja contribuído para dignificar e projetar no espaço público o sector a que pertença.

Ao promover este Prémio, a Estoril Sol e a Babel assumem a convicção de que a sua natureza e abrangência serão o justo reconhecimento pela obra multidisciplinar de Vasco Graça Moura e pela sua imensa, profícua e invulgar polivalência criativa.

As candidaturas deverão ser apresentadas e fundamentadas pelos membros do Júri e por personalidades ou entidades que o desejem fazer.

Todas as candidaturas exteriores ao Júri deverão ser remetidas em correio registado, ou serem entregues, por protocolo, até 15 de novembro de 2016, no seguinte endereço: «Prémio Vasco Graça Moura – Cidadania Cultural – Gabinete de Imprensa da Estoril-Sol – Casino Estoril – Av. Dr. Stanley Ho – 2765-190 Estoril.»

Recorde-se que Eduardo Lourenço foi o vencedor da primeira edição, tendo recolhido a unanimidade do júri em função do “percurso intelectual do premiado”, que “corresponde inteiramente aos objetivos definidos aquando da criação deste Prémio”.

O Prémio será atribuído por um Júri presidido por Guilherme D’Oliveira Martins, cuja base é comum à dos Prémios Literários Fernando Namora e Revelação Agustina Bessa-Luís – ao qual presidiu Vasco Graça Moura – acrescentado pelos representantes da Editora Babel, parceira da iniciativa.

Fonte: Estoril-Sol.

Categorias:Artes e Cultura Tags: , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Aberto o 25º Concurso Jovens Cientistas Aberto o 25º Concurso Jovens Cientistas
O maior concurso de empreendedorismo em Portugal O maior concurso de empreendedorismo em Portugal
Candidaturas para o Prémio FAQtos 2017 já abriram Candidaturas para o Prémio FAQtos 2017 já abriram
Abertas Candidaturas às Medidas 1 e 3 do Programa Cuida-te Abertas Candidaturas às Medidas 1 e 3 do Programa Cuida-te

Responder

Enviar Comentário


três + = 6

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.