Sítio do Empreendedor da NERSANT já gerou mais de 100 empresas

O Certificado de Empreendedor de António Beja.

O Certificado de Empreendedor de António Beja.

Desde que foi lançado, em 2014, e até março de 2015, o Sítio do Empreendedor, da NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, acompanhou a criação de 115 novas empresas, que geraram, 174 postos de trabalho, 1,8 milhões de euros de investimento inicial e um volume de negócios de mais de 7,6 milhões de euros. No total, a Associação Empresarial da Região de Santarém recebeu e trabalhou mais de 500 ideias de negócio. Todos os dados deste programa de estímulo à criação do próprio emprego foram apresentados no primeiro dia do Fórum Inovação e Empreendedorismo, que decorreu no Convento de S. Francisco em Santarém, nos dias 20 e 21 de maio.

Logo no primeiro dia do Fórum Inovação e Empreendedorismo – que se dedicou ao debate das tendências de novos negócios, mercados de financiamento, balanço do projeto Sítio do Empreendedor, brokerage tecnológico e estratégias e financiamento para a inovação empresarial –, teve lugar a entrega do prémio INOVAGRO 2014 e dos Kits do Empreendedor, bem como dos Certificados aos Empreendedores.

Seis desses empreendedores são do concelho de Rio Maior, tratando-se de:
• António Beja | Limpezas a residências particulares e empresas.
• Carla Marques | Venda de produtos para limpeza industrial.
• Humberto Menezes | Comércio de gado bovino.
• Jorge Manuel Duarte da Silva | Café com serviço de refeições.
• Mário Frazão | Limpeza de matas e jardins, pinturas e lavagem de edifícios.
• Sílvia Silva | Traduções.

António Beja: a (a)ventura do empreendedorismo aos 50 anos

António Beja tinha 5 anos quando veio viver para Rio Maior e é riomaiorense que se sente.

Atualmente a viver no Casal Filipe, Arco da Memória, era motorista de pesados de longo curso, viajando por essa Europa fora. Um dia a crise forçou-o a encontrar outra saída profissional. “Como não havia nada e também já estava farto de andar pelo estrangeiro resolvi criar o meu próprio emprego”, conta ao Região de Rio Maior.

Começou a tratar de saber o que seria preciso para concretizar aquele objetivo e acabou por ser encaminhado para a NERSANT: “o Dr. Marco, que costuma vir a Rio Maior ajudou-me a fazer o projeto, depois fizemos prospeção de mercado… Pedi para receber o subsídio de desemprego por inteiro para poder investir es-se dinheiro, comprei uma carrinha e uma máquina aspiradora/ lavadora, porque um dos meus clientes foi logo uma empresa grande onde era necessário fazer lavagem e aspiração. Daí em diante adquiri mais máquinas e tem sido sempre a andar”, resume o empresário.
Está a fazer agora um ano que António Beja, 50 anos de idade, se meteu neste empreendimento. Já tem três empregadas em full time, três carrinhas e está prestes a adquirir a quarta. A força de trabalho é portanto de 4 pessoas contan-do consigo e não têm mãos a medir. “Fazemos várias empresas em Rio Maior, Caldas da Rainha, Porto de Mós e também já estamos na Lourinhã”, revela.
Perguntámos-lhe se à luz da sua idade e experiência recomendaria às pessoas que não tenham receio e avancem na criação do próprio emprego; respondeu com um provérbio popular: “Quem não arrisca, não petisca!”
Empresário em nome individual, António Beja tem ainda marca própria – «Limpar com Arte» – de produtos de higiene e limpeza para a restauração. “Outro serviço que prestamos e que é inovador na nossa região é a limpeza de campas e jazigos. Como os cemitérios estão um bocado sujos e há pessoas já de uma certa idade que têm dificuldade em fazer esse trabalho, nós fazemo-lo: já o fizemos em Malaqueijo e aqui na cidade de Rio Maior também”, divulga.
Foi um gosto falar com este homem que aos 50 anos não hesitou em mudar o rumo da sua vida, recorrendo a um programa de apoio à criação de empresas dinamizado pela NERSANT: o Sítio do Empreendedor.

Este artigo pode ser lido na íntegra na edição em papel nº 1390, de 29/5/2015 do jornal Região de Rio Maior.

Categorias:Em Destaque, Rio Maior Tags: , ,

Também pode ser do seu interesse:

Crédito Agrícola e NERSANT têm protocolo de 64 milhões Crédito Agrícola e NERSANT têm protocolo de 64 milhões
Roadshow Empreendedorismo chega a Rio Maior dia 13 Roadshow Empreendedorismo chega a Rio Maior dia 13
Indústria 4.0 na Startup Santarém dia 4 de maio Indústria 4.0 na Startup Santarém dia 4 de maio
Apresentação de projetos financiados para empresas Apresentação de projetos financiados para empresas

Responder

Enviar Comentário


− 4 = três

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.