Terra Chã: êxito gastronómico na Assembleia da República

Terra Chã fez sucesso em Mostra de Gastronomia Regional Tradicional na Assembleia da República

mesa_terra_cha_degustacao

A Cooperativa Terra Chã esteve representada numa mostra gastronómica regional na Assembleia da República, em Lisboa, na passada quarta-feira, 22 de fevereiro, iniciativa promovida pelas comunidades intermunicipais da Lezíria e do Médio Tejo, a fim de promover os produtos dos municípios ribatejanos.

O bacalhau com chícharo, a tarte e pastéis de chícharo e o mel Terra Chã fizeram grande sucesso neste evento.

Além de poderem experimentar alguns dos sabores da gastronomia do Restaurante Terra Chã, os deputados e autarcas convidados mostraram interesse pelas diversas valências da Cooperativa Terra Chã, na área do turismo, do desporto aventura e atividades ao ar livre, da defesa e pedagogia ambiental, da preservação de costumes, profissões e património tradicionais e ainda da valorização territorial e desenvolvimento local, no âmbito da economia sustentável, contrariando o despovoamento rural.

Atualmente o restaurante da cooperativa apresenta pratos como o cabrito serrano, galo com nozes, bacalhau com broa, e diversos pratos com chícharo, leguminosa muito rica em proteínas, hidratos de carbono e sais minerais, cultivada desde épocas remotas, mas atualmente quase desaparecida da nossa cultura portuguesa. O chícharo antes de se consumir deve ser demolhado e pode ser utilizado de diferentes formas, como por exemplo em puré, ou como acompanhamento de carnes, enchidos e peixes.

Entre as sobremesas deste restaurante regional destacam-se o pudim de ovos, a tarte de chícharo e o requeijão com mel, que neste caso é mel local, produzido na Terra Chã. A cooperativa, que também se dedica à revitalização da pastorícia, num projeto que já agrega um rebanho comunitário com mais de 200 cabras serranas, também produz o delicioso queijo de cabra «Terra Chã».

Maria do Céu Albuquerque, presidente do Conselho da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e também presidente da Câmara Municipal de Abrantes e Pedro Ribeiro, presidente do Conselho da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo e também presidente da Câmara Municipal de Almeirim, enalteceram as qualidades dos produtos gastronómicos ribatejanos, como veículo de promoção da região e de desenvolvimento económico da mesma.

Rio Maior foi o concelho com maior representação neste evento, já que entre os cerca de vinte a vinte e cinco participantes, cinco mesas pertenciam a produtores de Rio Maior (e só a mesa da Câmara Municipal de Rio Maior agregava produtos de diversos produtores que não puderam estar presentes), de sectores que vão da restauração, produção vinícola, doçaria, padaria e carnes, ervas aromáticas e outros.

Texto e fotos: Catarina Abreu

Categorias:Economia, Em Destaque Tags: , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Visita ao Património Geológico e Mineiro de Rio Maior Visita ao Património Geológico e Mineiro de Rio Maior
Alda Oliveira está focada na solidariedade Alda Oliveira está focada na solidariedade
Blue Light acende-se em Rio Maior no fim do mês Blue Light acende-se em Rio Maior no fim do mês
Piscinas de Rio Maior foram a escolha do verão! Piscinas de Rio Maior foram a escolha do verão!

Responder

Enviar Comentário


4 + dois =

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.