FUTEBOL – UDRM empata na Moçarria mas mantém 2º lugar

A UDRM deslocou-se a Moçarria para enfrentar, em jogo a contar para a 14ª jornada do Campeonato da 2ª Divisão Distrital da AF Santarém, o, então, sexto classificado, o Moçarriense. Numa tarde de grande temporal, e frente a uma equipa, que a jogar em casa, é sempre um adversário difícil, não se adivinhava fácil a tarefa dos riomaiorenses que, por seu turno, tinham a aliciante de, em caso de vitória, poderem encurtar a diferença para o Barrosense ou ver aumentada a distância em relação ao terceiro classificado.

Tenha sido pela ventania, que se fazia sentir, pela pressão de capitalizar sobre o resultado do Almeirim x Barrosense, ou por qualquer outro motivo, a verdade é que a equipa riomaiorense não entrou bem no jogo, permitindo uma série de “aventuras” dos homens da equipa da Moçarria no seu sector mais recuado, causando alguns calafrios ao técnico Vítor Alexandre.

O Moçarriense, que apostava na colocação da bola nas costas dos defesas unionistas, só perto dos 25 minutos de jogo, viu a bola rondar a sua baliza, através de um remate cruzado de Léo, mas que acabou por sair ao lado do poste direito da baliza dos da casa.

A UDRM empatou na Moçarria a uma bola.

A UDRM empatou na Moçarria a uma bola. Desta vez, David Cruz, ficou em “branco”.

Na segunda metade, a UDRM continuava a não conseguir jogar com a bola no chão, para evitar o forte vento que se fazia sentir e chegar de forma estruturada à área contrária, sendo notória a falta de concentração dos riomaiorenses. Ainda assim, foram sempre da UDRM as melhores oportunidades, sendo que José António, por duas ocasiões, teve a oportunidade de desfazer o nulo mas não conseguiu ultrapassar o guardião Diogo.

Com o final da partida a aproximar-se a passos largos, e já com o estreante Persi em campo, o empate ia parecendo uma hipótese cada vez mais real, mas, um erro defensivo permitiu à equipa da casa um contra-ataque, quando faltavam quatro minutos para os noventa, e Tiago Laranjeiro não desperdiçou a oferta fazendo o 1-0, para desespero dos riomaiorenses.

Após o golo dos anfitriões, os homens de Rio Maior mostraram uma atitude que até aí não haviam evidenciado e “caíram em cima” do adversário, acabando por empatar ainda antes do final do tempo regulamentar, por intermédio do central Miguel Piedade.

Já no período de descontos, Fábio Silva manteve o empate, ao defender uma grande penalidade cobrada pelo capitão do Moçarriense, Matias, a penalizar uma falta do lateral direito unionista, Pedro Henriques, dentro da grande área.

O guardião riomaiorense, Fábio Silva, ainda teve de defender uma grande penalidade já no período de descontos.

O guardião riomaiorense, Fábio Silva, ainda teve de defender uma grande penalidade já no período de descontos.

Categorias:Desporto Tags: , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

AFS adotou medidas de apoio ao futebol e futsal AFS adotou medidas de apoio ao futebol e futsal
Juniores do Sporting, campeãs em Rio Maior Juniores do Sporting, campeãs em Rio Maior
Futebol – Grécia bate Espanha em Rio Maior Futebol – Grécia bate Espanha em Rio Maior
Tarantini: a conciliação do Sucesso Desportivo e Escolar Tarantini: a conciliação do Sucesso Desportivo e Escolar

Responder

Enviar Comentário


− cinco = 1

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.